top of page
  • Foto do escritorStéfanie Casagrande

Alunos dos Anos Iniciais da EMEF Batista Castoldi aprendem sobre suas emoções

A segunda-feira (27) começou com muitas reflexões nos anos Iniciais da EMEF Bastista Castoldi. O terapeuta Eduardo Finkler falou com as crianças sobre seus sentimentos e como plantar coisas positivas em seus corações.


A vivência iniciou com a música “Semente “do Armandinho, e com uma história sobre plantar a verdade e ser honesto. Foi explicado que a semente da mentira não cresce e a semente da verdade germina e faz sentir paz no coração.


Posteriormente foi apresentada uma experiência no telão, para provar que as palavras tem poder e tudo o que dizemos influencia as direções de nossas vidas. No vídeo apresentado, as crianças realizaram uma experiência com arroz e água e conseguiram provar que amor, ódio e o descaso, quando proferidos, fazem toda a diferença. O experimento consiste em três potes de vidro contendo a quantidade idêntica de arroz e água. Em cada um deles, é depositado uma energia diferente: no primeiro, foi transferido o amor e citada a frase “obrigado!”. No segundo, o propósito foi o ódio e foi repetido, todos os dias palavras de ódio, e no terceiro e último, eles apenas ignoraram o pote.


Dentro de 10 dias o resultado concretizou-se. No pote do amor, o arroz estava fermentando naturalmente. No pote do ódio, os grãos se transformaram em uma substância escura. E no vidro ignorado, o arroz embolorou.

Eduardo propôs o desafio para ser realizado com as turmas da escola. O experimento tem o objetivo de mostrar aos estudantes, claramente, que as palavras, assim como a energia que depositamos em algo ou alguém, fazem tudo ao nosso redor caminhar para o que realmente acreditamos. Ele explicou para as crianças o poder que as palavras têm quando falamos algo para os colegas, professores, amigos e familiares.

Em seguida, as crianças brincaram de telefone sem fio, o terapeuta falou uma frase positiva no ouvido de um estudante e este teve que passar para outro colega, assim sucessivamente. No final, todas crianças que ouviram a frase, passaram para os outros colegas que não tinham escutado, compartilhando frases positivas entre todos. Os estudantes interagiram e demonstraram alegria ao realizar a dinâmica.

A próxima história teve o objetivo de explicar, que encontramos a felicidade apenas quando falamos algo bom para os outros. Eduardo enfatiza que “mesmo se alguém falar algo ruim pra gente, podemos responder com palavras boas. Nem sempre as coisas acontecem de maneira positiva em nossa vida, tudo depende de como vamos reagir e nos posicionar.”

Para agregar ainda mais conhecimento, os estudantes assistiram a Parábola “Buda e o Mendigo”, onde o desfecho final foi que o mendigo olhou para os problemas dos outros e percebeu que o seu era muito pequeno. Sendo assim, ele preferiu ajudar as outras pessoas do que a si mesmo e fazendo isso conquistou muitas coisas. A história ensina muitas lições e uma delas é que às vezes nós temos que nos doar para que algumas coisas aconteçam em nossas vidas. Os educandos aprenderam que se estamos dispostos a oferecer ajuda aos que estão com mais dificuldades que nós, isso poderá mudar o rumo da nossa vida e do nosso destino. E o Universo pode nos devolver isso de muitas formas.

TODO O BEM QUE VOCÊ FAZ PARA O MUNDO VAI VOLTAR PARA VOCÊ.

Para finalizar a conversa, as crianças foram convidadas a fechar os olhos e colocar as mãos em seu coração, repetindo as seguintes frases:

Eu sou grato, eu sou feliz, eu me amo.

Com muito carinho, abraçaram o colega ao lado falando: Eu sou grato por você existir!



4 visualizações0 comentário
bottom of page